Archive: agosto, 2019

What I ate from August 2nd to 8th

Esse post vai ser um resumo do que eu comi durante esse período, vou precisar preencher o Diet Log para levar na próxima aula de parto, dia 8 de agosto.

08/02

Breakfast: Green juice + oatmeal with almond butter and seeds + lemon tea

Lunch: black beans with veggies, crunch seeds and big salad + beets + 1 orange

Dinner: cauliflower gnocchi with tomato sauce, veggies and tofu sausage + big salad + water and lime

Snacks: 1/2 apple with almond butter + peanuts

08/03

Breakfast: green juice + almond meal pancakes with walnuts

Lunch: black beans with veggies and tofu sausage, crunch seeds + spinach and beets salad + water and lemon

Dinner: big spinach and kale salad, with avocado and seeds + lime and water

Snacks: yucca little bread with cashew cream + popcorn

08/04

Breakfast: green juice + seeds and nuts toast with cashew cream + lemon tea

Lunch: grilled tofu sausage, tomatoes, mushrooms, zucchini and onions with crunch seeds, spinach and beets leaves big salad + water and lime

Dinner: spinach, arugula, beets, avocado and quinoa salad + water and lime

Snacks: watermelon + edamame

08/05

Breakfast: green juice

Lunch: brow rice and lentils + oven baked tofu and seaweed + big green salad with beets + 1 orange

Dinner: grilled broccoli, green peas, mushrooms, bell pepper + quinoa + cooked beets + spinach salad + water and lime

Snacks: oat milk, flaxseed with banana + peanuts

08/06

Breakfast: beets and veggies juice + almond meal waffles with cashew cream and peanut butter

Lunch: chickpea pasta with spinach, kale and walnuts pesto with tofu and tomatoes + water and lime

Dinner: mung beans with quinoa, cooked beets, roasted mushrooms with spinach and tomato salad + water and lime

Snacks: watermelon + walnuts and apricots

08/07

Breakfast: green juice + oatmeal with chia seeds, hempseed, walnuts, pumpkin seeds and coconut

Lunch: oven baked sweet potato, roasted chickpeas with veggies and spinach, arugula, beets and kale salad + 1 orange

Dinner: cooked mung beans with flaxseed, big green salad with veggies + lime and water

Snacks: yucca little breads with cashew cream + peanuts

08/08

Breakfast: veggies and beets juice + tofu scramble with nuts and seeds toast

Lunch: chickpea and veggies salad, wild rice, oven baked mushrooms, big green salad + water and lime

Dinner: broccoli, edamame, tofu sausage, tomato, olives, spinach, beets leaves and lettuce

Snacks: quinoa banana bread + almonds


O resultado II

Estava a caminho da maternidade, quando a Dahlia me ligou com os resultados em mãos. Quase morri de nervosismo. A coitada teve que repetir o resultado algumas vezes, pois eu não estava nem entendendo direito!

Primeiramente! Passei no teste! Aleluia!!!!! Meu resultado caiu mais da metade, comparando com o primeiro. Não me lembro o número exato, mas agora foi uns 80, sendo que o numero de referência é 140 e o meu primeiro resultado foi mais de 180! Enfim, entendendo os malefícios de muito carboidrato, além de açúcar (mesmo de frutas), para o bebê, decidi manter minha alimentação assim, e incluir apenas a aveia de manhã. Pois senti que estava sempre com pouca opção de café da manhã e mingau de aveia sempre é uma salvação!

Mesmo com essa mega notícia boa, também teve outra não tão boa assim. Minha hemoglobina baixou mais um pouco! Isso é muito preocupante para quem quer tentar parto natural. Então agora redobrar atenção em incluir alimentos que tenham ferro, e também sempre tomar água com limão para ajudar na absorção.

Voltando a falar do teste de diabetes, eu acho importantíssimo que esse teste exista, principalmente com o tanto que as pessoas comem errado hoje em dia. Só é um pouco incoerente ter que beber ou comer algo tão artificial nesse momento tão importante, no qual estamos gerando uma vida, especialmente para mamães como eu, que jamais consumiria algo parecido (estando grávida ou não!). Eu cheguei a pensar que talvez o meu corpo nem saiba como digerir esse tipo de açúcar misturado com corante. Mas enfim, nosso corpo é uma máquina maravilhosa e aparentemente sabe muito mais do que possamos imaginar.

Devemos criar uma consciência do que utilizamos de combustível para nosso corpo humano, e principalmente agora durante a gestação, onde tudo que me alimenta, também alimenta meu bebê. Não é uma tarefa fácil em meio a tantas tentações gastronômicas, mas é necessário repensar e principalmente ponderar os efeitos colaterais disso tudo.

Agora vou focar em mais duas semanas escrevendo tudo que eu como, esperando ter o próximo exame de sangue com resultados mais altos da hemoglobina. Basicamente a recomendação foi continuar tudo igual, porém acrescentar mais variedade e quantidade de verdes escuros e leguminosas na hora do jantar. Pois enquanto dormimos o nosso corpo e o do bebê se recarregam, se não tiver boa quantidade de ferro, acaba faltando para um dos lado, geralmente para o da mãe. E isso vai atrapalhar muito o parto normal, podendo causar hemorragia e até desmaios.


Teste de diabetes gestacional II

Finalmente chegou o dia do segundo teste, de manhã eu tomei o suco verde (sem frutas) em jejum e comi iogurte de castanha de caju com coco e castanhas. Só!

Pelo tanto que eu pesquisei, vejo que não tem como driblar um verdadeiro resultado positivo. Porém tem sim como evitar outro falso resultado positivo. Sendo assim, vocês podem analizar meus diários de refeições postados anteriormente deste post, eu realmente segui a risca tudo que foi recomendado. (Está tudo em inglês, para facilitar na hora que eu tive que preencher o papel com diário alimentar)

As principais mudanças foram: nada de suco de frutas, nada de morango ou frutas vermelhas, nada de melancia nos três últimos dias antes do exame, nada de arroz integral (só quinoa), nada de macarrão de grão de bico. Comi macarrão Coreano de batata doce só uma vez, pois li na embalagem que este macarrão tem metade da quantidade de carboidratos, comparando com o de grão de bico. E muita água com limão espremido!!!

Tenho lido as informações nutricionais das embalagens de uma maneira diferente a cada estágio da gravidez. Um aprendizado imensurável, pra mim que só tinha hábito de ler os ingredientes.

Bom, vamos ao que interessa. Chegando na maternidade eu queria tomar a tal glucola novamente (eles oferecem a garrafinha com glucola ou uma certa quantidade de balinhas, ambos possuem a mesma quantidade de glucose), mas elas me recomendaram comer as jelly beans dessa vez, pois o corpo digere de outra maneira. Eu não como bala sei lá desde quando, então foi muito difícil pra mim mastigar aqueles caroços de açúcar coloridos artificialmente, com textura de areia! Mas comi! Obviamente li todo o rótulo antes, pra ter certeza que não tinha nenhum ingrediente de origem animal, e não tinha, mas tinha outros 50 ingredientes extremamente artificiais!

Desta vez bebi muita água, tanto antes de comer as balinhas quanto depois. Fui lá pra fora e fiquei andando igual uma barata tonta, isso ajuda o corpo a digerir o açúcar. E mantive pensamento positivo!

Até completar 1 hora e poder tirar as amostras de sangue eu precisei fazer xixi duas vezes, o que foi bom, pois com certeza meu corpo estava tentando se livrar daquele tanto de corante açucarado que eu tinha comido.

O resultado ficaria pronto no mesmo dia, ou no dia seguinte de manhã.


0